sexta-feira, 10 de julho de 2009

O glorioso Itamaraty!



O Clube Itamaraty de Futebol foi fundado em 1993. Formado inicialmente por alunos do Colégio Nossa Senhora Aparecida e amigos dos bairros de Moema e Campo Belo, na zona Sul de São Paulo, o time foi reforçado por futuros jornalistas a partir do ano seguinte, quando entrei na Faculdade Cásper Líbero.

A semelhança do uniforme com a seleção argentina não é coincidência. Nossa equipe, com algumas exceções, como os atacantes Cadu e Ivan, não se destacava pela habilidade, mas sim pela garra e disposição. Daí termos escolhido as cores do País de Passarela, Ardiles, Kempes e Tarantini.

Jogamos dezenas de partidas até o ano de 96, quando os compromissos estudantis e profissionais da maioria dos "craques" passaram a ser nosso maior adversário.

De lá pra cá, fizemos um ou outro "reencontro", mas até esses retornos esporádicos rarearam nas últimas "temporadas".

Faz tempo que não vejo diversos daquelas inesquecíveis colegas de peladas, viagens improvisadas em kombis, brigas generalizadas e muita diversão.

Se algum deles ler esse texto, que se sinta abraçado! E saiba que o Itamaraty faz muita falta em minha vida!

Bem, vamos ao craques da foto:

De pé: Maurício (meia que batia faltas com categoria), Marcelinho (bom goleiro reserva, mas aqui jogando na linha), Eduardo Maluf (repórter do Estadão), Didi (o nosso "Gamarra"), Zé (Dr. José Francisco Cimino Manssur, hoje um respeitado advogado que presta serviços ao São Paulo Futebol Clube), Adriano Dolph (repórter da TV Gazeta), Décio (goleirão, apesar da pouca estatura) e Ulisses (meu professor de geografia no colegial, que deve ficar feliz quando eu respondo corretamente às perguntas dos ouvintes sobre capitais).

Agachados: Cadu, Roberto (o volante dos mil apelidos: Napão, Mestre Splinter, Coqueiro, Pippen...grande figura!), Thomaz Rafael (sim, eu era quase tão magro quanto o Fuzil!), Ivan (artilheiro dos bons), Marcelo (volante bem técnico), Beto (lateral habilidoso) e Albertão (ex-repórter de A Gazeta Esportiva).

Faltaram alguns craques na foto: Fabiano (lateral fantástico), Henry (meia de rara qualidade), Maurício Oliveira (repórter do Diário Lance), Luiz Carlos (ótimo volante) e Carioca (lateral de muita luta), entre outros amigões!

Na foto, estamos no campo do Clube Aldeia da Serra, onde jogamos contra o time local em três oportunidades, com duas vitórias (uma delas, por 8 x 2) e um empate.

4 comentários:

blogsfutebolcatarinense disse...

Sou Tibério, tenho um blog onde faço um apanhado dos blogs catarinenses sobre futebol.
Então meus amigos, para conhecer um pouco do que rola na blogosfera catarinense sobre futebol é só nos visitar.
http://blogsfutebolcatarinense.blogspot.com

Beto disse...

Você bem que podia agitar uma partida em campo society!
Pena que não tem fotos da briga histórica no clube do mé. Por sinal, provocada por vossa senhoria, ao dizer para o adversário: "Aqui não é circo para você fazer palhaçada!"

ivan disse...

Verdade Sr Thomaz essa briga foi uma coisa meio que bizarra pois o jogo estava 10X0 se não me esqueço e o time adversário(que só para lembrar sempre foi o nosso maior freguês) só estava esperando uma chance para sair de campo e pronto Vsa Senhoria deu. Brincadeiras a parte essa foi uma das melhores fases de minha vida foi muito agradavel mesmo. Vamos marcar um jogo para relembrar. Abs a todos do time Ivan

Adriano disse...

Se não me engano a frase do Thomáz foi "eu sabia que estava jogando do lado do circo, mas não sabia que era com um time de palhaço" rs rs

Foi um quebra pau danado... Como muitos, bati e apanhei! boa fase da minha vida, saudade desses amigos e colegas, abraços!