sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Para leitores desse blog, Guga é o "Pelé dos outros esportes"


O tenista Gustavo Kuerten foi o ganhador da enquete sobre o maior esportista brasileiro de todos os tempos. Lembrando que Ayrton Senna da Silva e os craques do futebol ficaram de fora da relação sugerida pelo blog

Guga recebeu 32% dos votos. Foram cinco votos a mais do que o "mão santa" Oscar Schmidt, escolhido por 20% dos votantes. A Rainha Hortência ficou na terceira posição, com 11%, à frente de Émerson Fittipaldi, com 9%. Fechando o "Top Cinco", vem Robert Scheidt, com 6%.

Achei a vitória de Guga merecida, assim como também seriam justas vitórias de nomes como Robert Scheidt e Ademar Ferreira da Silva (únicos brasileiros bi-campeões olímpicos em esportes individuais), ou mesmo Maria Esther Bueno (muito antes de Guga, conquistou as quadras do mundo e ganhou mais títulos de Grand Slam que o compatriota).

E vale ressaltar o incrível carisma de Oscar e Hortência. Mesmo com o fato do basquete brasileiro ter vencido menos títulos do que o nosso vôlei, os dois jogadores são mais idolatrados pela torcida brasileira do que os supercampeões Giba, Maurício, Gustavo, Giovani, Marcelo Negrão, Dante e outros.

No caso de Hortência, sua popularidade é ainda mais expressiva, se levarmos em conta que ela, ao contrário de Oscar, teve uma rival à altura em quadra: a fantástica Paula. As duas tinham características diferentes e pode-se dizer que se completavam quando atuavam juntas, pela seleção. No entanto, talvez Hortência tenha recebido mais votos nesta e em outras pesquisas já realizadas por ser mais carismática do que Paula. Ou por ter começado a brilhar em níveis nacional e internacional um pouquinho antes. Mas dentro de quadra, em minha modesta opinião, as duas foram igualmente geniais.

Também me chamou a atenção o fato de Nelson Piquet, um dos maiores nomes do automobilismo mundial em todos os tempos, não ter recebido um votinho sequer. Já o espetacular Éder Jofre recebeu apenas 1% dos votos provavelmente pela pouca popularidade do boxe aqui no Brasil nos dias atuais.

Foto: Fernando Willadino (Divulgação)

3 comentários:

kaoh disse...

Thomaz vc escreve sobre musica para alguma revista???
si escreve poderia mi dizer por favor???

Thomaz Rafael disse...

Olá Kaoh.
Já escrevi para diversas publicações de música, inclusive internacionais, como a argentina Prensario, a japonesa Latina e a colombiana El Manisero. No Brasil, escrevia para a SUCESSO!. E hoje sou editor das newsletters da editora Espetáculo. Caso você goste de música e queira receber nossas newsletters, avise-me. Cadastro seu e-mail gratuitamente. Abração!

joão disse...

Thomas,o Fuzil é tao magro que no dia do exame de toque o médico usou um cotonete..hahahahahahah