quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Green Day está de volta



Quase cinco anos depois do apenas razoável "American Idiot", o trio Green Day finalmente lançará seu novo álbum de inéditas. "21st Century Breakdown" será o oitavo disco de estúdio do trio californiano (da cidade de Berkeley), uma de minhas bandas prediletas. A capa do novo trabalho (acima) foi apresentada nesta semana.

Alguns leitores podem estranhar que eu tenha considerado o último álbum do trio apenas regular. Até porque foi um dos trabalhos do grupo mais elogiados e premiados pela crítica.

Tudo bem, não quero ser o dono da verdade, mas minha opinião não bateu desta vez com a da crítica especializada. "American Idiot" é, em minha visão, apenas ok. Um álbum de qualidade, sem dúvida, mas um trabalho de nível bem inferior a muitos discos do Green Day, como por exemplo o antológico Dookie, talvez um dos dez melhores álbuns de rock de todos os tempos.

Bem, tenho certeza que o novo CD será mais do que razoável. Uma banda fantástica como o Green Day não faria dois trabalhos "apenas ok" na sequência. Que venha o primeiro single de "21st Century Breakdown"!

3 comentários:

lami_tech disse...

é de ficar indignado de como alguém de tamanha inteligencia e brilhantismo,pode se tornar em alguns momentos em uma pessoa insenssata e transformar o passado do futebol em meras lembranças reduzindo as conquistas do maior time de todos os tempos em disputas de peladas .não considerar o santos f.c.como campeão brasileiro dos anos anteriores a 1971 é como se não existisse futebol no brasil,compromentendo inclusive os titulos mundiais 58,62 e 70.
um microfone nas mãos de pesssoas apaixonadas como thomas rafael e gavião pelo corinthans é perigoso pro futuro do pais,sendo que a grandeza do timão não precisa disso.hoje em dia o santos f.c.é um clube mediano do futebol,que vive do seu passado ,com pessoas que luta muito para preservar sua memoria e não justo que se tente apagar dos anais da historia seus feitos e suas conquistas .essas opiniões faz mal para o esporte nacional.tem um ditado que diz:"para se prever o futuro é nessessário conhecer o passado",sendo assim daqui 20 anos se caso mudar o nome do campeonato brasileiro ,serão esquecidos tambem os titulos dos bambis.é preciso ter menos paixão e mais razão.

sem mais

Nilton

corinthiano

Thomaz Rafael disse...

Caro Nilton, fique tranquilo. O nome do campeonato brasileiro não será modificado daqui a 20 anos. Será sempre "Brasileirão", "campeonato brasileiro", "campeonato nacional", etc...

O nome pouco importa. O que vale é a essência da disputa. O Brasileirão foi criado em 1971 e isto é fato. A Taça Brasil era um torneio importante, mas diferente do Brasileiro, que viria a surgir depois. Não adianta querer mudar o passado.

E o fato de não existir campeonato brasileiro antes de 1971 não altera em nada a história das Copas e o passado glorioso de times como Santos, Corinthians e tantos outros.

E pra concluir, uma frase que diz tudo, em minha opinião: preservar a memória do futebol não é reescrever a história.

Não queiram inventar títulos para os clubes!

Abração e obrigado pelas críticas!

Denis disse...

O álbum America Idiot é "apenas razoável"???????? Meu amigo Thomaz, retire isso, por favor. Música é legal por causa disso, cada um tem sua opinião e não tem o certo ou o errado. Mas caramba, considerar apenas razoável tal cd que ganhou tantos prêmios, que tem 5 singles oficiais, etc...etc...etc... é de estranhar.
Abraços,
Denis.